Paçoca de travessa

Cadê a carinha de vergonha pra postar aqui antes de começar esse post, depois de mil anos de abandono?

Sorry! Tarra de férias, depois descobri que logo confundirei papinha com amor (sim, tô grávida ❤ ), aí veio a falta de disposição em decorrência da gestação, e então a completa falta de tempo para meu bloguinho querido por causa do trabalho (haja hora extra 😦 ).

Mas tô aqui pra falar de comida e coisa boa (sinônimos). E então quero compartilhar a receita dessa sobremesa bem gordinha que preparei com carinho pro aniversário da minha mãe: a paçoca de travessa.

travessa de paçoca

Primeiro, vc prepara um creme desses bem básicos, com: 1 litro de leite, 4 colheres de maizena, 1 leite condensado, 4 gemas e 1 colher de baunilha. Não esquece de peneirar as gemas, pra não ficar com aquele cheirinho chato de ovo. Você leva ao fogo, mexendo sempre, até engrossar, e desliga. Ele não fica doce, mas acho ideal pois depois a paçoca fará essa função.

À parte, vc derrete 500g de chocolate meio amargo (eu faço no micro-ondas, picadinho leva menos de 2 minutos) e mistura a uma caixinha de creme de leite.

Pra montagem, vc precisa de uma travessa grande. Coloca metade do creme, metade do ~ganache~ que vc preparou acima (chocolate+creme de leite) e umas 10 paçocas quebradas à mão. Então, vc repete: creme, chocolate e paçoca. E fim! Mais fácil impossível, né?!

Fica bem mais gostoso se for bem gelado, então o legal é preparar com antecedência e deixar pelo menos umas 4 horas na geladeira. Mega calórico, mega abraço interno, facilmente confundível com amor ❤

Red velvet de caneca e saudável

É de caneca, é de menina, é bolinho cor de rosa. Quando você imaginou fazer uma versão saudável e fofa do red velvet? Receita especial da Dotôra Mishy pros leitores do Confundo, tem mais ❤ que isso?

red velvet mishy

“A foto engana master, pois esse red velvet não passa de banana, beterraba e queijo!

Amassei meia banana com 1 ovo e 2 colheres (sopa) de farinha de aveia. Pra ficar rosa, o segredo: pó de beterraba. Usei 1 colher (chá) e complementei com 1 pitada de bicarbonato de sódio. Para dar um tchans, 2 quadradinhos de chocolate amargo picadinhos. São 2 minutos e 20 segundos no micro-ondas e pronto. Pra cobertura, usei creme de ricota com stevia, mas funciona com cream cheese, é só tirar da geladeira para amolecer um pouco. Ah, e pode adicionar baunilha!

Tá feito, bolinho cor de rosa. E já pode falar que comeu beterraba hoje 🙂 “

 

Essa dotôra não é incrível? Muitos ❤ pra vc, Mishy!!!

PS.: Essa farinha de beterraba pode ser encontrada nesses locais naturebas maravilhosos, em que compramos todas as farinhas e cereais e castanhas e chás que amamos, tipo mercados municipais com aquele a granel baratinho, mundo verde etc. Ok?

 

 

Lindezas à mesa

Salada pode ser super bonita, né não?
Olha que apresentação bacana pra quando for receber pessoas queridas pro jantar e estiver fazendo esses 40 graus na sombra como hj. Não joga as alfaces na tigela não!
1) alface americana, castanha de caju caramelizada rapidinho na frigideira com uma colher de açúcar e três de água, sementes de abóbora salteadas no azeite e queijo gorgonzola picado ❤
2) rúcula, tomatinhos, azeitonas pretas picadas e queijo meia cura ralado ❤

 

Ah, pra acompanhar tem uma dica de molho maaaara: uma colher de azeite, duas colheres de mostarda, três colheres de mel, sal a gosto. Honey mustard, baby ❤

Kibe de forno

Receita coringa, fácil, que dificilmente não agrada. Não precisa de ingredientes mirabolantes, nem de técnicas, nem de tempo. Kibe de forno recheado, bem confundível com amor.

Primeiro passo é colocar o trigo de kibe para hidratar. Ele precisa de uma a duas horas nesse processo, mas é o tempo entre vc chegar do trabalho e colocá-lo logo num bowl com água (até cobri-lo e só, não mais que isso) e então colocar uma roupa na máquina, checar o facebook, lavar uma salada e preparar a receita. Passa rapidjim.

Pra essa receita, que resulta numa travessa média bem cheia, que serve fartamente quatro adultos, uso meio saquinho do trigo para kibe da Yoki e meio quilo de carne moída (2x na máquina), pode ser acém, paleta, patinho, a carne de sua preferência.

Sugiro preparar o recheio antes, é bem mais prático do que depois ter de lavar a mão pra isso. Eu uso duas a três cebolas em fatias finas, dois a três tomates picadinhos e azeitonas picadas (verde e preta, se tiver). Coloco numa panela com azeite, sal, pimenta do reino e deixo a cebola murchar bem e está pronto nosso recheio, que na hora da montagem ainda será acrescido de algum queijo (muçarela fatiada, minas em cubinhos, o que vc tiver na geladeira).kibe recheio

Vamos ao preparo da ‘massa’ do kibe: num bowl (eu uso o mesmo em que o trigo estava hidratando, moooorro de preguiça de muita louça), coloco uma cebola grande bem picadinha, duas colheres (sopa) de alho bem picadinho, duas a três colheres (sopa) de margarina ou manteiga, sal a gosto, pimenta a gosto, hortelã fresco picadinho (eu uso umas 10 a 15 folhinhas, mas isso é bem pessoal) e a carne moída.

 

kibe preparo

Com o trigo hidratadinho (não precisa escorrer a água, porque se você tiver colocado só o suficiente para molhá-lo por completo, ele estará apenas úmido agora. e não encharcado), você mistura ele ao preparo acima e mexe bem. Com a mão. É, tem amores que precisam ser transmitidos assim, com a mão na massa (ahvá) e no kibe de forno essa parte do preparo é bem importante. Ele precisa virar uma massa bem uniforme, assimquinem na foto:

kibe pronto

Unto um refratário médio com um fio de azeite, distribuo metade da massa do kibe, coloco o refogadinho como recheio, o queijo, a outra metade da massa e pronto. Pode colocar um pouquinho de margarina ou manteiga em cima de tudo, pra ficar bem molhadinho. Meia hora de forno médio com papel alumínio, depois quinze a vinte minutos sem o alumínio (depende do seu forno).

Com um arroz e uma salada, temos uma refeição delícia e caseirésima.

 

Nunca lembro de fazer foto dele pronto, sempre confundo com amor antes. Se você fizer, me manda a foto pls? Prometo publicar ❤

#pãocomovo feelings

pão com ovo

Tem coisa mais delícia que pão com ovo? Eu a-mo!

Esse aí de cima fiz sobre o pão de semolina (aquele dos frangassado da vida, sabe?) passadinho na frigideira com um pouco de manteiga (alô, jaca!).

Quando fritei o ovo, desfiz as gemas, pq tetesssto mole. E quando falo ‘fritei’, pelamor, é sem óleo, só aquele fiozinho de azeite na antiaderente ❤

Por cima, uma maionese de cebolas caramelizadas e alho da Heinz que descobrimos recentemente no supermercado e, olha, vale cada centavim e cada caloria.

#pãocomovo feelings, muito amor pela simplicidade ❤