Uma carne pra quem não sabe fazer carnes

Não sou boa pra carnes. Não sei fazer, não consigo limpar, não tenho ideias, nunca dá muito certo. Rola uma frustração aqui viu 😣

Mas testei uma receita que serve certinho pra pessoas como eu: bem fácil com cara (e sabor!) de elaborada. E o melhor: sem gordura extra nenhuma!!!

Usei uma peça média de fraldinha, que por deeeeus o marido limpou pra mim. Temperei com sal (fino mesmo), alho picadinho (daquele pronto), molho inglês (pode caprichar que combina super) e mostarda (idem).

Se tiver tempo, deixa essa carne temperadinha (é só alisar bem espalhando todos esses temperos nela) durante a noite na geladeira. Eu não tive (ah vá!) e ficou apenas uma hora (bom, mas certamente o tempero pode pegar mais).

Então o segredo: não é assada, é de panela de pressão. E sem água!! Sim, confia que dá certo dondicasa 😂

Basta forrar de cebola em fatias grossas a panela de pressão, colocar a peça de fraldinha com a gordura pra baixo e então cobrir de cebolas também. Foram cinco cebolas aqui pessoal, mas realmente são necessárias, pois o cozimento se dá na “água” delas.

É só isso. Nada de óleo, nada de água. Após pegar pressão, conta cerca de 45 minutos (eu abri antes pq sou dessas e acabei voltando mais uns 10 minutinhos). Fica macia, saborosa e quase caramelizada por causa das cebolas.

Recomendo fortemente pra quem, como eu, está em busca de carnes gostosas e práticas pra confundir com amor num almoço de domingo ❤️

Servi com um macarrão fácil também, ao molho de páprica, que é da receita de almôndegas assadas deliciosas que aprendi recentemente (quem quer receita?).

Anúncios

Kibe de forno

Receita coringa, fácil, que dificilmente não agrada. Não precisa de ingredientes mirabolantes, nem de técnicas, nem de tempo. Kibe de forno recheado, bem confundível com amor.

Primeiro passo é colocar o trigo de kibe para hidratar. Ele precisa de uma a duas horas nesse processo, mas é o tempo entre vc chegar do trabalho e colocá-lo logo num bowl com água (até cobri-lo e só, não mais que isso) e então colocar uma roupa na máquina, checar o facebook, lavar uma salada e preparar a receita. Passa rapidjim.

Pra essa receita, que resulta numa travessa média bem cheia, que serve fartamente quatro adultos, uso meio saquinho do trigo para kibe da Yoki e meio quilo de carne moída (2x na máquina), pode ser acém, paleta, patinho, a carne de sua preferência.

Sugiro preparar o recheio antes, é bem mais prático do que depois ter de lavar a mão pra isso. Eu uso duas a três cebolas em fatias finas, dois a três tomates picadinhos e azeitonas picadas (verde e preta, se tiver). Coloco numa panela com azeite, sal, pimenta do reino e deixo a cebola murchar bem e está pronto nosso recheio, que na hora da montagem ainda será acrescido de algum queijo (muçarela fatiada, minas em cubinhos, o que vc tiver na geladeira).kibe recheio

Vamos ao preparo da ‘massa’ do kibe: num bowl (eu uso o mesmo em que o trigo estava hidratando, moooorro de preguiça de muita louça), coloco uma cebola grande bem picadinha, duas colheres (sopa) de alho bem picadinho, duas a três colheres (sopa) de margarina ou manteiga, sal a gosto, pimenta a gosto, hortelã fresco picadinho (eu uso umas 10 a 15 folhinhas, mas isso é bem pessoal) e a carne moída.

 

kibe preparo

Com o trigo hidratadinho (não precisa escorrer a água, porque se você tiver colocado só o suficiente para molhá-lo por completo, ele estará apenas úmido agora. e não encharcado), você mistura ele ao preparo acima e mexe bem. Com a mão. É, tem amores que precisam ser transmitidos assim, com a mão na massa (ahvá) e no kibe de forno essa parte do preparo é bem importante. Ele precisa virar uma massa bem uniforme, assimquinem na foto:

kibe pronto

Unto um refratário médio com um fio de azeite, distribuo metade da massa do kibe, coloco o refogadinho como recheio, o queijo, a outra metade da massa e pronto. Pode colocar um pouquinho de margarina ou manteiga em cima de tudo, pra ficar bem molhadinho. Meia hora de forno médio com papel alumínio, depois quinze a vinte minutos sem o alumínio (depende do seu forno).

Com um arroz e uma salada, temos uma refeição delícia e caseirésima.

 

Nunca lembro de fazer foto dele pronto, sempre confundo com amor antes. Se você fizer, me manda a foto pls? Prometo publicar ❤

Torta de cebola

Tem uma receita de torta de cebola que super impressiona, pelo sabor e apresentação, mas que dá zero trabalho. Desde que a vi no Paladar, do Estadão, faço com relativa frequência e, ó, sucessinho garantido. É legal pra servir quando vai receber uma visita, ou quando vai visitar alguém. Mas é uma opção boa de jantar, acompanhada de saladinha de folhas. Quem curte? ❤
É legal fazer numa forma de fundo removível, pq td que é bonito merece ser mostrado e essa torta é assim, todatoda exibida. Passa até por comprada pronta numa dessas casas bacanas, pode enganar seus convidados que eles cairão, rysos.

Primeiro, a massa: 100 gramas de manteiga, 1 xícara e meia de farinha de trigo (às vezes, uso metade integral e funciona bem) e duas colheres de sal. Mistura bem com a mão, até soltar dos dedos. A orientação original era de abrir com rolo e depois colocar na forma. Eu não tinha nem espaço, nem rolo, então comecei fazendo assim e tornei como padrão: pedacinho por pedacinho, moldando na forma, tipo quebra-cabeça. Tem que fazer o fundo e a lateral, ok?

Pro recheio, mais fácil ainda: precisa fatiar em rodelas finas três cebolonas grandes (ou umas cinco normais) e refogar num pouquinho de azeite, deixando-as bem transparentes, macias, mas não douradas. No liquidificador, bato três ovos com uma lata de creme de leite, sal e pimenta do reino a gosto.

Aí vamos pra forma que já está toda forradinha de massa, acomodo a cebola refogada em toda a área e despejo o líquido do liquidificador. Por cima, 100 gramas de parmesão e prontinho.
Uns 30 minutos de forno, ou até dourar.
Fica com aquela textura boa de quiche, bem leve e saborosa.

Torta ❤